QUAL É O SEU DRAGÃO?

QUAL É O SEU DRAGÃO?

Todos nós temos um medo, um grande monstro, um dragão para enfrentar, e fugimos dele durante muito tempo na vida.

Podemos fugir o tempo que for, e o quanto aguentarmos, mas vai existir um momento em que você precisará encarar o que mais teme – Será em uma noite fria nevoada? Ele aparecerá voando e soltando fogo pelas narinas? – e de repente, você perceberá que as imagens mentais que fez daquele momento eram muito mais assustadoras do que é de fato.

Fantasiar pode ser inevitável. E tudo bem, pois esta é uma tentativa de controlar aqueles sentimentos que chegam sem aviso. O importante, que você deve saber é que uma hora – cedo ou tarde – o grande momento chegará, e por mais que você sinta que ainda não está pronto, sua vida toda foi um preparo para este dia.

E não existe um único monstro não! São dragões, bichos-papões, vampiros, bruxas e demônios que não acabam mais. Quando enfrentamos o primeiro, o segundo surge lá no fim da estrada e assim, sucessivamente, vivemos enfrentando os medos que surgem diante de nossas expectativas e inseguranças.Isso é a vida! 

E com a prática e maturidade, os monstros se tornam pequenos incômodos – simples medos, cada vez menores e mais administráveis. E a sensação de que você pode tudo é o que terá quando chegar neste estágio… até encontrar um novo monstro que estava escondido atrás daquela torre que você se escondia.

Não trago enganações neste texto! Os monstros estão por ai e você terá sempre os recursos e ferramentas necessárias para enfrenta-los.

E um dos medos que podem ou não se tornar um monstro gigantesco é o medo da mudança! E ele aparece em muitos momentos na vida.

No primeiro dia da escola, quando precisamos mudar por algum motivo, no momento em que pessoas que achávamos que estariam conosco para sempre ficam doentes e se vão, na necessidade de partir pois o amor não existe mais, na carreira que não apaixona e aprisiona e nas circunstâncias que a vida nos traz a todo instante. Viver é estar em uma constante mudança, e esta é uma grande questão para a maioria de nós, pois coloca em cheque as necessidades do ego: permanência e controle. E quando a necessidade de transformação chega – porque certamente um dia ela aparecerá – o ego pira e faz um estrago por meio de nossa mente. Os pensamentos surgem como uma cascata e poluem nossa paz com mentiras, expectativas e suposições cheias de fantasia.

E a única forma de sair destes pensamentos obsessivos é virar-se para o outro lado e seguir seus sentimentos, pois é deles que a CORAGEM vem. Diferente do que a maioria acredita, é o nosso emocional que carrega a verdade sobre o que desejamos de fato. Neste campo, não há julgamos ou repressão, pois as sensações e sentimentos representam exatamente o que existe dentro de você. Mas apenas olhar não é a resposta completa, pois ao entrar em contato com isso, você precisará compreender e lidar com as angústias que podem existir e ressignificar suas necessidades. O controle não é necessário, a permanência não é um direito. 

Ao fazer isso, as vozes e pensamentos carregados de medo se diluem em meio a permissão e entrega. Nada está fora do lugar e você está pronto para enfrentar e lidar com o novo mundo que está por vir. Não há necessidade de saber o que acontecerá após o segundo passo, pois você sabe que terá força e capacidade suficiente para lidar com o que o mundo te apresentar.

Toda vez que tentamos controlar, o medo surge, a ansiedade domina e a angústia aperta. A única forma de destruir o dragão é trazê-lo para o nosso lado e integrá-lo a nossa estrutura, como na história do Peter Pan, que se torna adulto quando amarra a sombra ao seu pé, e pode então, caminhar completo. 

🙂
Um super beijo,
Van

1 comentário Adicione o seu

  1. lenice disse:

    Amei!!
    refleti profundamente
    obrigada por essa reflexão bjss

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s