Como Aceitar o Desafio de Empreender e Fazer Dar Certo?

Como Aceitar o Desafio de Empreender e Fazer Dar Certo?

 

A cada dia, cresce o número de novos empreendedores e além deste movimento ser um reflexo das novas gerações que não se contentam mais com a posição limitada que um funcionário CLT possui – mesmo quando empregado em grandes empresas, é também uma consequência das condições econômicas que enfrentamos em todo o mundo.

Funções são eliminadas, empresas transformadas e pessoas demitidas, e com isso, estas passaram a enxergar o mundo de uma outra forma. São novas possibilidades que antes eram facilmente descartadas.

Segundo a pesquisa GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR (GEM), realizada pelo Sebrae, em 2015 houve um aumento de 34,4% de empreendedores no Brasil, comparado a 2014. Ou seja: 3 a cada 4 brasileiros preferiram empreender.

Novos empreendedores nascem na tentativa de criar uma renda familiar em meio a crise, e acabam por se reconectar com o antigos desejo de ter um negócio próprio.

A possibilidade de trabalho com satisfação, o aprendizado contínuo e equilíbrio entre a vida pessoal e profissional são atrativos deste novo mundo. Um espírito empreendedor não se contenta apenas com uma carreira estável, precisa constantemente do sentimento de realização e superação.

Segundo a Harvard Business School, empreendedorismo é “a identificação de novas oportunidades de negócio, independentemente dos recursos que se apresentam disponíveis ao empreendedor” (HARVARD BUSINESS SCHOOL, apud DORNELLAS J, 2005, p. 06)

Já o Babson College, considerada a melhor escola de empreendedorismo do mundo, “empreendedorismo é uma maneira holística de pensar e de agir, sempre com obsessão por oportunidades, e balanceada por uma liderança” (BABSON COLLEGE, apud DORNELLAS, J. 2005, p. 06)

Empreender vai além da capacidade de identificar oportunidades e desenvolver meios de aproveitá-las, assumindo riscos e desafios. Todo empreendedor vive por seus valores e possui um sonho muito valioso. Empreender é um estilo de pensamento e simboliza vontade, oportunidade, firmeza e dedicação.

PORÉM, EMPREENDER NÃO É FÁCIL!

Segundo a pesquisa Demografia das Empresas 2014, realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), seis em cada dez empresas não sobrevivem após cinco anos de atividade.

Para obter sucesso, além do desejo de construir algo novo e diferente, o empreendedor deve estar disposto a aprender e se desenvolver continuamente.

Viver por um propósito e acreditar em si mesmo é a regra básica e essencial para o início de todo e qualquer empreendimento, porém, para ele sobreviver e se manter firme no mundo, são necessárias habilidades e competências.

O desenvolvimento deve ser crescente e contínuo, pois só seremos capazes de potencializar qualquer negócio quando usamos talentos para realizar algo em que acreditamos e que somos apaixonados. Disciplina, foco, atitude, visão e talento são apenas algumas das características necessárias.

QUAIS TALENTOS, APTIDÕES E COMPETÊNCIAS DESENVOLVER?

sidney-perry-66409

O trabalho de consciência e autoconhecimento é fundamental para entender quais são as competências que devem ser desenvolvidas e se estão alinhadas aos seus objetivos, já que estas são uma das ferramentas que o auxiliarão a chegar ao destino final.

No meu trabalho, lido com muitas pessoas que buscam sucesso, por isso, reuni algumas características que acredito serem essenciais para o desenvolvimento não apenas de um empreendimento, mas de uma vida. São elas:

 

CONHECIMENTO DO EU – Conhecer o seu mundo interno é essencial para a vida humana, mesmo que este processo seja difícil e algumas vezes doloroso. Não aprendemos a nos olhar na escola e crescemos acreditando que devemos fazer isso sozinhos, porém, é impossível nos conhecermos sozinhos. Só sabemos a cor que nossos olhos possuem quando há um espelho ou uma outra pessoa à nossa frente que nos diga, por isso, encontrar um mentor que te ajudará nesta caminhada é fundamental.

AUTO-COMPAIXÃO – Conhecer suas forças e talentos faz parte do desenvolvimento, porém é apenas uma parte deste processo. Você também deve ser capaz de acolher e reconhecer suas falhas, compreender e entender seus sentimentos mais profundos e olhar com amorosidade e compaixão para suas escolhas. A culpa e o julgamento nunca foram características que impulsionaram o crescimento, por isso, livre-se delas!

CONFIANÇA – Só temos confiança nas pessoas e nas situações, se confiamos em nós mesmos em primeiro lugar. E uma vida sem confiança tem tanto controle, tensão e stress, que não há espaço para o sucesso, realização e felicidade.

AUTENTICIDADE E RESPEITO – Além de conhecer a si mesmo, é essencial o respeito por quem se é. As pessoas mais incríveis que já conheci na vida eram autênticas, singulares e não se comparavam com as outras pessoas porque não precisavam parecer ninguém. Aceite suas características e não tente se enquadrar em tudo o que a sociedade diz que é correto. Certo e errado é uma questão de perspectiva.

FIRMEZA – O reconhecimento de seus ideais e pensamentos é apenas 50% do todo. Para ter 100% do que pode ter na vida, precisa-se de foco e determinação. As influências externas não podem mudar sua opinião sobre o mundo, a não ser que aquelas verdades realmente façam sentido.  Não tenha medo de mudar o curso se você julgar necessário, mas tenha coerência com seus sentimentos e ideais.

RELACIONAMENTO EMOCIONAL – Chamo de relacionamento emocional a capacidade de reconhecer seus próprios sentimentos e emoções. E assim, a permissão para sentir e expressar todos os sentimentos que surgem. O embotamento emocional é uma característica que leva a apatia.

GENEROSIDADE – Um estudo feito na Austrália em meados dos anos 60 com mais de 2 mil pessoas, mostrou que aqueles que participavam de atividades comunitárias e voluntárias por pelo menos 100 horas por ano, eram mais felizes e mais satisfeitos do que as pessoas que não realizavam nenhuma ação social. Recebemos da vida o que damos a ela, e a generosidade é uma das forças pessoais que nos auxiliam a superar os obstáculos e então, viver de forma plena.

jordan-whitfield-112404

 

Estas são apenas alguns – não os únicos – atributos essenciais para uma melhor vida. É importante você olhar e reconhecer as suas próprias forças, virtudes e essência e se reconectar com elas.

E se for necessário, tenha ao seu lado pessoas que o ajudarão neste processo. Não são todos os lugares que conseguimos ir sozinhos, e não há problema algum em pedir ajuda.

Cada dia mais, pessoas e empresas buscam diversos processos – coaching, terapia, cursos, vivências, retiros, meditação – para ajudá-los na mudança e alinhamento si mesmo. Mudar ou adquirir um comportamento pode ser uma tarefa difícil, porém, se você possui foco e sabe onde quer chegar, esta se torna um desafio gratificante.

Para entender quais competências são necessárias, lembre-se de seus objetivos sem se esquecer quem você é. Conheça suas forças e fraquezas e tenha a maturidade necessária para modificar o que for necessário em sua vida.

Todo empreendimento, assim como cada empreendedor, possui suas peculiaridades e seu estilo e o mais importante é manter a essência sempre. Não esqueça o motivo pelo qual você decidiu empreender e viva seus sonhos e valores todos os dias.

O empreendimento deve ser uma libertação de paradigmas internos e externos. Explore todas as suas forças e saiba o que precisa ser trabalhado internamente para que você tenha os melhores resultados.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s