O Que Carregar Em 2017?

Feliz 2017! 🙂

Voltei esta semana de duas semanas que fiquei fora, em um período sabático. E tenho muita coisa para compartilhar com você sobre as reflexões e construções que surgiram durante estes dias.

A começar pelo próprio momento de final de ano, que significa deixar ir. E desapegar mesmo de certas coisas que não servem mais é um grande desafio, muitas vezes relutamos para manter a sensação de eternidade e permanência como se aquilo fosse uma sombra de quem somos e é neste momento que sofremos.

Sofremos por não entender que as coisas mudam, que as pessoas se vão e que precisamos também seguir em frente.

Sofremos por não deixar ir…

Mas junto com o final do ano, vem o começo de um novo e então, nos sentimos mais tranquilos para deixar de lado uma parte do que fomos por um ano que chega com um sorriso no rosto, braços abertos e cheio de amor e esperança para dar. Nos sentimos acolhidos, amados, esperançosos e então prontos, ou menos resistentes, para deixar ir.

Mas o ano não se fará sozinho, ele é apenas um reflexo do mundo interno que criamos e vivenciamos a cada dia. Acredito que podemos transformar nossa realidade a qualquer momento e para algo acontecer, temos um grande trabalho pela frente.

Por isso, junto com o novo ano, vem também mais trabalho, mais foco, mais transformação, e muita desconstrução e construção. Tudo isso faz parte!

ktquuihh3_w-frank-mckenna

E melhor se pudermos fazer isso de uma forma consciente e em harmonia com aquilo que acreditamos. Por isso, a primeira reflexão que trago para você neste Janeiro é: o que você deseja que seja importante para o seu ano?

Saber quais são suas prioridades e onde irá direcionar sua força é essencial para que você saia do ano melhor do que quando entrou.

Pense em todos os projetos, as construções, as relações que você deseja ter ao longo dos 365 dias que seguem e inclua-os em sua rotina.

Pode ser que para isso, você precisará esvaziar os bolsos e deixar o que não faz sentido mais. Ou seja, deixar ir te acompanhará durante todos os dias de sua vida.

Não há realização sem ação, por isso, pense em todas as mudanças que você precisará fazer dentro e fora de você. O que precisa fazer ou deixar de fazer para viver o que deseja viver?

Todo início de ano, faço um planejamento que serve como um guia, com ações e investimentos de tempo e de energia. Claro que este é um plano flexível, que vai se modificando de acordo com a necessidade ao longo do caminho, mas ele me ajuda a não desviar o olhar dos meus sonhos e a sempre refletir sobre o meu caminho.

A forma como você inicia um ano diz muito sobre a forma como você irá termina-lo, portanto, reflita sobre tudo o que você deseja construir e saiba tudo o que precisará realizar para isso.

Um super beijo
Vanessa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s