O Que Nos Torna Humano? |#15. O Medo

O Que Nos Torna Humano? |#15. O Medo

 

Hoje quero falar de uma característica humana que muito evitamos em nossa história:o medo.

A relação do homem com o medo surgiu muito antes da civilização e teve um papel importante em nossa evolução. Este sentimento possui um lado positivo e que diz muito sobre nossa história e a criação de nossa cultura.

O homem medieval, por exemplo, temia o mar, que em sua fantasia era povoado por monstros, sereias e seres desconhecidos. Este mar, que simbolizava o abismo desconhecido, representava o abismo que habitava o próprio ser humano.

Portanto, quando o homem medieval dizia temer o desconhecido do mar, significava que temia o desconhecido que existia dentro de si.

Deste os primórdios, projetamos nossos monstros internos no externo, forjando os medos.

Na Idade Média, o homem internaliza seus medos. Segundo Jean Delumeau, historiador francês que estuda as religiões, este ato acontece pela intervenção da igreja católica, período em que o homem deveria tomar cuidado para não ser um agente do mal. Por meio deste pensamento, surgiu à necessidade de ter medo de si mesmo.

Na Grécia Antiga, todos os Deuses eram temidos, no Antigo Testamento, o Deus cristão era um Deus temeroso. E então, vieram as pestes, as anomalias genéticas, as doenças e as inúmeras ameaças de um apocalipse.

Os medos da modernidade, agora mais próximos de nós, referem-se a morte, solidão, violência e ao insucesso.

Qual é o seu medo?

Até onde este medo é um sentimento saudável?

Resultado de imagem para medo
Devemos ter cuidado se o medo se torna temor, quando o medo de ter medo inicia um processo de pânico… Ou quando o medo nos impede de viver.

Durante muitos anos, associamos o medo a ausência de coragem. Minimizamos nossa existência e dividimos a humanidade entre os medrosos e os corajosos. A vergonha e a negação deste sentimento também não é sinônimo de saúde.

E vou te dizer uma grande verdade: Medo não tem nada a ver com covardia!

E compreender que o medo é um sentimento natural, com um papel importante para nossa segurança e proteção é fundamental para uma vida emocional equilibrada.

Os medos fazem parte, e a coragem de superá-los também.
Isso significa que, a superação dos medos só é possível para aqueles que os tem e isso não é vergonha nenhuma.

O medo é um dos aspectos que nos torna humanos, por isso, perceba se está se relacionando com este sentimento da melhor forma possível.

Um super beijo,
Vanessa

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s