Qual É A Sua Relação Com O Carnaval?

Durante as festividades do carnaval, um dos feriados mais valorizado por nosso povo, sempre vejo muitas pessoas extravasarem ao máximo seus desejos, como se não houvesse amanhã… até o amanhã chegar!

A verdade é que durante toda a vida, acabamos limitando nossas atitudes a uma vida sem muita emoção. Fazemos o que precisa ser feito, obrigações por todos os lados, a não ser durante o carnaval, onde você pode liberar todos os desejos que existem dentro de você sem culpa ou remorso.

E então, na quarta de manhã para alguns, ou após o meio-dia para outros, tudo volta ao seu normal. A vida continuará limitada às obrigações e a ausência de alegria, felicidade e vontade.

Não que no carnaval, tudo seja real, pois nem sempre é. A partir do momento em que usamos um feriado para poder fazer tudo o que bem entendermos, sem regras ou limites, deixamos também de olhar para nossas vontades reais para percebermos apenas nossas vontades ilusórias e rebeldes que ficaram escondidas e massacradas.

Todo excesso nos conduz a ilusão. O limite excessivo, assim como a alegria exaustiva.

Nunca fui muito fã desta data, este é um período em que prefiro me recolher. Vou para lugares menos badalados e continuo a minha rotina normalmente. Medito, leio, vejo as pessoas que são importantes em minha vida e, principalmente, me entrego a mim mesma a partir de meus desejos mais comuns.

O que muitos fazem durante 4 dias, eu tento fazer durante 365, mas de uma forma continua e com sentido.

Não existe certo ou errado. Para muitos, o feriado de carnaval, assim como os 30 dias de férias durante o ano servem como válvula de escape para o sentir e fazer o que se deseja fazer. Para outros, e me incluo neste grupo, estas datas são apenas uma continuidade de uma vida que já acontece de dentro para fora todos os dias.

Como você vive os seus 365 ou no caso de 2016, 366 dias, contando feriados e férias?

A vida que passa por você todas as manhãs é a vida que te permite sentir e ser?

Você está exatamente onde se coloca, por isso, se ainda usa as datas comemorativas ou a coletividade para viver o que realmente importa, avalie se este é o lugar em que você deseja estar… e se não for, faça de forma diferente a partir de agora.

Sinta mais, sorria mais, alegre-se mais com a simplicidade, perceba o que realmente acontece dentro de você e viva todos os dias da melhor forma que puder, sem excessos ou limites que ignoram os seus desejos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s